Perda Auditiva Em Musicos Cantores Tecnicos De Som

Perda auditiva em músicos, cantores e técnicos de som

A exposição frequente ao som de forte intensidade pode causar perda auditiva, mas quando isso vai acontecer, é imprevisível.  É muito difícil saber se um profissional da área musical vai apresentar deficiência auditiva ao longo da vida.

Algumas pessoas apresentaram uma perda auditiva permanente em pouco tempo de exposição ao ruído, já outras começaram a apresentar os sintomas depois de muitos anos de exposição. Existem fatores genéticos, hábitos alimentares, efeitos nocivos de algumas medicações que podem acelerar esse processo. Assim, cada caso é um caso e o correto é sempre procurar por um profissional para prevenção e diagnóstico.

perda auditiva em musicos cantores e tecnicos de som

Os sintomas mais comuns da perda de audição, de acordo com Aline Morais, fonoaudióloga, parceira da Xtreme Ears são: zumbido, sensação de som abafado, dificuldade de entender o que as pessoas falam em ambiente ruidoso e sensibilidade com som alto.

No caso dos músicos e técnicos de som, a fonoaudióloga explica que a perda pode acontecer devido a exposição sonora elevada e a falta de proteção adequada, como o uso de fones de ouvido e atenuadores de som.

Como identificar a perda auditiva

Vale lembrar que muito se confunde surdez com perda auditiva. Para você entender melhor, quando falamos de surdez, nos referimos a uma perda auditiva profunda, uma pessoa que não se comunica pela linguagem oral e não ouve quase nada. Existem vários graus de perda auditiva: leve, moderada, severa, profunda. Além de poder apresentar diferentes graus, a perda auditiva pode ser isolada em uma frequência ou em determinada faixa de frequências.

Ou seja, se um músico tiver uma perda auditiva, poderá ter sua carreira prejudicada, porque ele precisa diretamente da audição para conseguir perceber a afinação, saber se está tocando no tom certo e acompanhar os demais instrumentos “se um cantor perde a sensibilidade dos agudos, por exemplo, pode ser que a emissão dele de agudos não seja tão boa, porque perdeu a capacidade de monitorar de maneira adequada (auditivamente) a própria voz. Portanto, quem não escuta bem, pode não conseguir cantar bem, ou tocar bem seu instrumento”, segundo Aline.

Ainda, se o cantor não usar um sistema de monitoramento adequado (fone in-ear moldado) ele provavelmente terá que fazer um esforço muito maior para cantar e se ouvir, já que o som externo da banda pode encobrir sua voz. Esse esforço pode causar fadiga vocal e até dor. Ou seja, se o cantor tiver dificuldade para ouvir, seja pelo uso de um fone inadequado, ou por uma perda auditiva, ele também poderá ter um problema com sua voz!

Fica aqui nossa recomendação: fones de ouvido in Ear não são luxo, é um meio de proteger sua saúde auditiva, sua voz e melhorar a qualidade de seu trabalho.